Concurso Caixa Econômica Federal 2017 - Todas as Informações

Concurso Caixa

A função de Técnico Bancário na Caixa Econômica Federal (CEF) agrega valores, desafios e possibilidades de ascensão dentro do órgão.

E por conta disso está entre os concursos públicos mais desejados do Brasil.

Realmente, para os que decidirem por esse caminho, haverá chances infinitas com oportunidades e disponibilidades de seguir rumo a uma grande carreira profissional.

Para quem não sabe a Caixa Econômica Federal, é uma instituição criada em 1861, responsável pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviços (FGTS), pelo Programa de Integração Social (PIS), pelo Seguro Desemprego, entre outros serviços de responsabilidade pública.

O banco exerce papel no desenvolvimento urbano, na justiça social e tem como prioridade programas habitacionais, infraestruturas e prestação de serviços.

Atua na promoção da cidadania e no desenvolvimento sustentável como uma das principais instituições financeiras de políticas públicas e parcerias estratégicas do país.

Possui atualmente, cerca de 97 mil empregados públicos por todo o país. Segundo o presidente da Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apecef), 8.600 só no estado do Rio de Janeiro, embora o ideal fosse mais 2.000 funcionários para suprir a demanda do atendimento.

Informações sobre os últimos concursos

No último concurso, realizado em 2014, a demanda era apenas para formar cadastro reserva nos cargos de técnico bancário, engenheiro e técnico do trabalho. Contudo, uma ação impetrada pelo Ministério do Trabalho está cobrando a convocação de pelo menos 2.000 dos candidatos aprovados com a validade do concurso prorrogada, garantindo que prestar concursos nessas condições não é em vão. Outro ponto positivo será o ingresso para cobrir as vagas abertas durante a renovação.

Esse certame contou, na época, com aproximadamente 1.156.744 inscrições de todo o país, sendo organizado pelo Cespe/UnB.

Na prova objetiva com 4 horas e 30 minutos de duração, havia 120 questões onde 50 abrangiam conhecimentos básicos e 70 de sabedoria especifica para a função. As básicas compreendiam 14 perguntas de língua portuguesa com peso 2, além de outras 36 sobre matemática, raciocínio lógico, atualidades, ética e legislação bancária de peso 1 para completar o quadro. Todas as da parte específica valiam peso 2.

Uma prova discursiva de peso 1 sobre legislação também foi aplicada juntamente com a objetiva. Até o momento da criação deste artigo, o banco já chamou mais de 2.500 técnicos bancários aprovados. Em razão do grande número de habilitados ainda em espera e do concurso ter expirado em 16 de junho do ano passado, é que o Ministério do Trabalho tomou a decisão de cobrar convocações, e optou pela prorrogação do certame, porém em meados do ano de 2017 espera-se que um novo concurso seja formulado com a expiração deste. (Vamos manter esse post sempre atualizado com as novas informações, acompanhe tudo aqui!)

Próximo Concurso da Caixa (2017)

Para 2017 há uma grande expectativa de realização de um novo concurso mesmo após o anúncio de um plano de demissão voluntário com o objetivo de enxugar o quadro de funcionários visto que a contratação de novos servidores é uma grande reivindicação dos servidores e sindicato da categoria por conta do baixo número de contratações do último ano.

Benefícios em trabalhar na Caixa Econômica Federal

Tido como um dos cargos mais disputados no ramo dos concursos, a função de técnico bancário honra sua disputa, oferendo benefícios muito vantajosos para o trabalhador que sonha com estabilidade e chances de crescimento dentro da instituição. Proporcionando ao empregado condições e habilidades quase nulas em outros setores.

A vaga exige somente o ensino médio e tem remuneração de R$ 2.932,32, sendo R$ 2.025,00 de salário base e R$ 907,32 de benefícios.

A jornada de trabalho agrega 30 horas semanais ou 6 horas diárias, sem expediente nos fins de semana. Mas o que é valorizado pelos candidatos mesmo é a possibilidade de crescimento salarial ao longo da carreira, a evolução e desenvolvimento das habilidades, participação nos lucros e resultados, plano de saúde e previdência complementar, auxilio refeição-alimentação, auxilio cesta alimentação, incentivo a participação em programas de elevação da escolaridade e desenvolvimento, além de programas de preservação da saúde e prevenção de acidentes.

Realmente, com esses benefícios, o órgão prova que pode assessorar seus colaboradores com competência, respeitando a vida social, familiar e profissional do empregado em muitos setores e em vários momentos que ele permanecer empregado.

O que faz um técnico bancário

São funções de um técnico bancário da Caixa:
- Prestar atendimento e fornecer informações solicitadas pelo cliente e pelo público;
- Executar as atividades administrativas necessárias para o bom andamento da rotina bancária;
- Operar computador, terminais e outros equipamentos;
- Instruir e relatar processos administrativos e operacionais;
- Efetuar cálculos diversos relacionados às operações, programas e serviços da Caixa;
- Elaborar e redigir correspondências;
- Preparar o movimento diário, manter atualizadas as operações, programas e serviços implantados eletronicamente;
- Dar andamento em processos e documentos tramitados na unidade;
- Realizar trabalho relativo a edição de textos e planilhas eletrônicas, arquivos, pesquisa cadastral, controle de protocolo e demais atividades operacionais;
- Elaborar e preparar mapas, gráficos, relatórios e outros documentos que forem requisitados por necessidade do andamento das atividades.

Ao todo, a instituição possui um Plano de Cargos e Salários dividido em 2 áreas efetivas. A carreira administrativa, para a vaga de Técnico Bancário Novo, e a profissional, para os cargos de Engenheiro, Médico do Trabalho, Advogado e Arquiteto com remunerações que variam entre R$ 2.025,00 e R$ 18.925,00 tendo como base função e horas trabalhadas.

O que estudar para a prova

Quanto à prova, surgem sempre dúvidas em relação a que e como estudar, pois cada certame é diferente em relação à dinâmica e método de aplicação do teste. Mesmo que todos tragam o conteúdo geral, que pode ser pior ou mais misterioso do que se o candidato não tivesse nenhuma base, a variedade de assuntos acaba deixando o participante com uma vasta quantidade de informação, sem objetividade de acerto e concentração.

Portanto, é importante saber que a prova de técnico bancário da Caixa, a princípio, não é difícil. A dificuldade está na concorrência estrondosa que disputa ponto a ponto por uma vaga. Assim, é crucial uma preparação impecável, com qualidade e eficácia para uma boa classificação.

Outra precaução a ser tomada é não esperar, comece o quanto antes, mesmo que nada tenho sido anunciado. Pois a sensação de que começou tarde é a pior companheira, quando na há entendimento do conteúdo e os dias estão escassos para sentir-se seguro. Afinal, é melhor estudar e revisar com calma constantemente para manter o tema fresco, do que não ter visto nenhuma vez.

Se basear na prova anterior também gera resultados, buscando entender os exercícios na compreensão das respostas dadas e no modo como são apresentadas, a partir de determinada informação.

Prova Objetiva

A principal função do teste é avaliar além do conhecimento memorizado, aptidões como compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, considerando a capacidade de raciocínio do candidato.

Como conteúdo, foram exigidos conhecimentos de:

Língua Portuguesa – Compreensão e interpretação de textos, tipologia textual, ortografia oficial, acentuação gráfica, emprego das classes de palavras, emprego de crase, sintaxe da oração e do período, pontuação, concordância e regência nominal e verbal, significação das palavras.

Noções de Informática – Conceitos e modos de utilizar aplicativos para edição de texto, planilhas e aplicações do Microsoft e BR Office, Sistemas Operacionais Windows e Linux, conceitos básicos e modos de usar tecnologias, aplicativos, ferramentas e procedimentos relacionados à Intranet e Internet, conceitos de organização e gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas, certificação e assinatura digital, Auto Cad e MS Project.

Matemática – Rendas uniformes e variadas, planos de amortização de empréstimos e financiamentos, cálculo financeiro em contexto inflacionário, avaliação de alternativas em economia estável e ambiente inflacionário, taxa de retorno, taxa interna de retorno.

Noções de Direito – Organização administrativa do estado brasileiro, princípios da administração pública, serviços públicos, concessão, permissão e autorização, Leis nº 8.666/1993 e nº 10.520/2002, Decreto nº 5.450/2005 e legislação posterior, transferências de recursos da união, regime diferenciado de contratações públicas.

Ética – Ética aplicada, conceitos de ética, a gestão da ética nas empresas públicas e privadas, código de ética da caixa, código de conduta da alta administração pública.

Responsabilidade Social e Empresarial – Noções sobre o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, critérios para etiquetagem energética de edificações por meio do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), noções de acessibilidade a pessoas com deficiência.

Dicas Gerais – Provas Objetivas

Em informática, as questões não se alteram em gênero e formato, a não ser em casos de atualização do software. É aconselhável ficar de olho quando isso acontece e treinar na versão mais atual do programa pedido.

Já em português, é bom acompanhar tanto o trivial como gramática e morfologia, mas também prestar atenção nos novos maneirismos da língua.

Para todas as outras matérias, a regra é estudar bastante revisando sempre que possível, além de buscar analogias, a fim de unir as matérias, fazendo com que estejam em evidência costumeiramente.

Prova Discursiva

Esse teste, com objetivo de eliminação e classificação, busca a resposta para duas perguntas discursivas, com até 20 linhas cada, trazendo temas de conhecimento especifico ao cargo em questão. Avaliando no candidato a capacidade de expressar-se através da escrita, usando a norma culta da língua portuguesa.

Em 2014, por exemplo, o tema central foi “Impactos Positivos e Negativos dos Avanços Tecnológicos na Vida Moderna”.

Dicas Gerais – Redação

É recomendável começar primeiro a redação, por estar ainda com a mente livre das questões da prova. Além de que o candidato poderá assimilar melhor o que foi escrito, para corrigir e acrescentar algo que num primeiro momento pareceu escapar.

O tempo é outro fator positivo que proporciona ao participante clareza de ideias e pouca pressão, pelo inicio da prova.

Só não é aceitável se perder na proposta e gastar o tempo que seria necessário para a análise das questões. Equilibrar pensamento e domínio da língua num período razoável é a chave para obter um bom resultado na parte discursiva.

Curso Online Para o Concurso da Caixa

Uma vantagem em estudar para o concurso da Caixa é que parte das matérias são perfeitamente aproveitadas para outros concursos bancários como por exemplo o Concurso do Banco do Brasil, um bom curso preparatório aumenta significativamente as chances de aprovação principalmente quando conta com professores especializados e experientes como é o caso dos cursos online da Estratégia Concursos.

Apostila - Técnico Bancário

Uma alternativa mais barata aos cursos online são as apostilas impressas ou digitais (em formato PDF para download), mas é preciso ficar muito atento à qualidade dessas apostilas, pois muitas são desatualizadas e imprecisas e podem atrapalhar ao invés de ajudar nos estudos.

O Tudo Sobre Concursos recomenda as Apostilas Opção como alternativa aos cursos online para estudos.

Dicas Para se Dar Bem na Prova

Para conseguir sucesso na prova, não existe truque de mágica que supere o foco e o estudo. Mas para adquirir total sabedoria, aproveitando os recursos disponíveis, é necessário estar ligado ao ambiente no qual pretende ingressar, lendo em apostilas, conversando com outros candidatos ao cargo, para tirar dúvidas e compartilhar experiências.

E muitas vezes, com um empregado que pode auxiliar nas inquietações, tornando concreto um cenário até então abstrato. Um curso específico também pode ajudar nas questões técnicas que precisam de melhor explicação e observação.

Tomadas essas precauções, no dia da prova, cabe ao participante, calma e confiança em todos os passos dados até ali, para responder as indagações de maneira certa e calculada.

Não se menospreze ou desespere perante os que parecem saber mais ou que saírem rapidamente do local de teste. Pois o fato de terem maiores qualificações não os habilita automaticamente a terem maior conhecimento geral e especifico de vida, estudo e dedicação.

Tão pouco, os que saírem rápido serão os que gabaritarão. A verdade é que, quanto menos souber mais espalhafatoso será o candidato, assim como quanto mais rápido o participante concluir a prova, mais ele apostou na sorte preenchendo qualquer opção.

Também é importante se recordar de dividir o tempo entre as tarefas, de responder as questões, passar a redação na folha de respostas e preencher o gabarito.

Chegue com tempo para se organizar e ir ao toalete. Leve, se achar necessário, algo suave para comer, como maça ou chocolate e beber, como uma garrafa d’água, suco, etc.

Porém, como se preparar para enfrentar uma prova importante e impactante como essa, embora todos conheçam milhares de dicas, vai de cada um. Afinal, o que interessa mesmo é que o candidato esteja focado, confortável e bem, para que depois de todo esse processo ele obtenha um resultado feliz e satisfatório.

IMPORTANTE: Estão abertas por tempo limitado as inscrições para o Treinamento A Fórmula da Aprovação, o primeiro e mais completo treinamento online sobre como triplicar as chances de ser aprovado em concursos públicos mesmo que você só tenha apenas 2 horas por dia disponíveis para estudo. Saiba mais aqui >>>

Compartilhe Esse Conteúdo Com Seus Amigos

Conteúdo Em Destaque

Deixe o Seu Comentário...

Acha Difícil Passar em Concursos? Conheça o Curso Onde Você Aprenderá Rapidamente a Passar em Qualquer Concurso Público Estudando Apenas 2 Horas Por Dia!