A relação da ISO 9001 com a Governança de TI

O objetivo da ISO 9001 é fornecer um conjunto de requisitos que, se forem bem implementados, dão mais confiança de que a organização é capaz de fornecer regularmente produtos e serviços que atendam às necessidades e as expectativas de seus clientes, e que estão em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis.

Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a finalidade de garantir controles efetivos, minimizar os riscos, ampliar o desempenho, otimizar a aplicação de recursos, reduzir os custos, suportar as melhores decisões e conseqüentemente alinhar TI aos negócios.

Esta definição deixa clara a importância da Governança de TI em organizações que almejam atender a crescente demanda por aumento de qualidade de produtos e processos, alta competitividade do mercado globalizado, alinhamento com a estratégia, minimização de riscos e a busca por menores custos e maiores lucros.

O grande desafio do Governante de TI é o de transformar os processos em “engrenagens” que funcionem de forma sincronizada a ponto de demonstrar que a TI não é apenas uma área de suporte ao negócio e sim parte fundamental da estratégia das organizações.

No entanto, uma implementação efetiva da Governança de TI só é possível com o desenvolvimento de um modelo organizacional específico. Para tanto, devem ser utilizadas, em conjunto, as melhores práticas existentes como o BSC, PMBok, CobiT, ITIL, CMMI e ISO 17.799, de onde devem ser extraídos os pontos que atinjam os objetivos do programa de Governança. Além disso, é imprescindível levar em conta os aspectos culturais e estruturais da empresa, devido à mudança dos paradigmas existentes.

Por esses motivos, a ISO 9001 é fundamental pelo seu foco na busca pela padronização e redução de erros, seja com a prevenção de erros recorrentes ou identificando possíveis erros antes que eles ocorram. Essa redução de erros e controle da qualidade dos processos traz inúmeros benefícios relacionados a implementação da Governança de TI.

Um certificado ISO 9001 prova que o seu sistema de gerenciamento de qualidade foi certificado contra um padrão de melhores práticas e foi aprovado. Emitido por um organismo, o certificado faz com que os stakeholders saibam que podem confiar que você implantou os processos internos necessários para o cumprimento das obrigações.

Portanto, fica evidente que um bom gerenciamento de qualidade através da ISO 9001 é fundamental para que a empresa tenha uma efetiva implementação da Governança de TI.